Uber deve indenizar por cadastro fraudulento na plataforma

Motorista alega que outra pessoa havia se cadastrado na Uber em seu lugar.

A Uber é totalmente responsável pela segurança de seus motoristas e deve fazer triagens mais rigorosas para a abertura de contas de usuários e motoristas parceiros. Esse foi o entendimento do 11º Juizado Especial Cível e das Relações de Consumo de São Luís ao determinar o cancelamento de um cadastro fraudulento na empresa e o pagamento de indenização ao autor.

O homem tentou fazer cadastro para ser motorista do aplicativo, mas descobriu que já havia outra pessoa usando seus dados havia aproximadamente um ano. E ainda existia um débito de R$ 90 em seu nome. Ele registrou boletim de ocorrência e solicitou o cancelamento do cadastro.

LEIA TAMBÉM: JUSTIÇA DO RIO PROÍBE USO DE APLICATIVO BUSER

A Uber não atendeu ao pedido nem o aceitou como motorista. A empresa argumentou que havia uma conta no nome do autor, que foi suspensa ao identificarem que ele a compartilhava. Depois disso, ele teria informado presencialmente que emprestava seus dados a um vizinho, conduta que foi vedada pela plataforma.


guai do score

DESCUBRA COMO AUMENTAR SEU SCORE EM ATÉ 900 PONTOS EM 7 DIAS OU MENOS.

Muitos motoristas hoje trabalham com carros alugados justamente por não conseguirem financiar um veículo próprio. Em quase 100% dos casos, a negativa do financiamento é resultado de uma baixa pontuação no SCORE DE CRÉDITO. É esta pontuação quem define o risco da operação. Quanto maior for a sua pontuação SCORE, mais fácil será a aprovação e menores serão as taxas do financiamento!


A juíza Alessandra Costa Arcangeli entendeu que a ré não comprovou que o autor teria colaborado com cadastro de terceiro, nem cláusula dos termos de uso que veda o compartilhamento de contas. Já o boletim de ocorrência e o depoimento do autor seriam suficientes para demonstrar o ato ilícito.

Para a magistrada, a Uber deveria trazer mais tranquilidade para seus usuários e motoristas e tentar evitar fraudes semelhantes. A indenização foi fixada em R$ 2 mil e a multa pelo descumprimento do cancelamento do cadastro, em R$ 1 mil. Com informações da assessoria de imprensa do TJ-MA.

Clique aqui para ler a decisão
0800591-61.2019.8.10.0016


Será mesmo que este motorista está com a razão ou será que ele já sabia deste cadastro?

LEIA TAMBÉM: OS 5 MELHORES CARROS PARA TRABALHAR COM APLICATIVOS EM 2021

Referências:

  1. Uber deve indenizar por cadastro fraudulento na plataforma. Conjur. Disponível em: https://www.conjur.com.br/2021-jan-13/artx-uber-indenizar-cadastro-fraudulento-plataforma

Deixe uma resposta