Planalto vai vetar medidas anti-Uber se Senado não derrubá-las


Medidas que querem vetar o Uber provavelmente não serão aprovadas segundo governo de Michel Temer.

De acordo com reportagem da Folha de São Paulo, o atual governo do presidente Michel Temer espera que as emendas que prevê, na prática, inviabilizar o funcionamento de aplicativos como o Uber, sejam barradas ou alteradas no Senado. Caso as medidas passem pelo Senado, elas vão a sanção do presidente, que já sinalizou que as vetará. Link da reportagem da folha: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2017/04/1872907-planalto-sinaliza-veto-a-medidas-anti-uber-se-senado-nao-derruba-las.shtml



>>> Faça parte do nosso grupo no Facebook! <<<

Banner 300x600

O Congresso ainda pode derrubar o veto presidencial caso reúna o voto de pelo menos metade dos senadores e deputados em sessão conjunta.

A avaliação é que os destaques inseridos na emenda aprovada pela câmara em vez de igualarem os direitos entre os serviços Uber e Táxi, apenas prejudicam o funcionamento do Uber, afetando a oferta do serviço para a população.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, defendeu o veto presidencial. “Defendo que o presidente vete os dois artigos aprovados aqui. Respeito o direito da maioria, sou um democrata, e é bom que de vez em quando sua posição não seja a majoritária, mas vou defender, claro, o meu ponto de vista que esses dois artigos”, disse.

Então amigos e motoristas Uber, fiquem tranquilos, nada muda!

Boas corridas!

---------------------------------------------------------

Quer trabalhar na Uber? Entre em contato através do formulário abaixo:

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

2 Comentários

Adicionar comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *