Entregadores de iFood, Rappi e Uber Eats marcam nova paralisação para 12 de julho


Movimento pede melhorias nas condições de trabalho de entregadores de aplicativos como iFood, Rappi e Uber Eats.

Após a primeira paralisação, os entregadores de plataformas como iFood, Rappi, Uber Eats planejam realizar um novo protesto em 12 de julho, um domingo. De acordo com a Folha de S.Paulo, a data do próximo Breque dos Apps, como o movimento ficou conhecido, foi escolhida em enquete com cerca de 26 mil pessoas.

A categoria pede que as empresas garantam um valor mínimo unificado por corrida e reajustem o valor do quilômetro percorrido durante as entregas. Além disso, os entregadores demandam equipamentos de proteção individual, como álcool em gel e máscaras, na pandemia do novo coronavírus, auxílio financeiro para diagnosticados com a COVID-19, seguro de vida e seguro em caso de acidente e roubo ou furto das motos.

LEIA TAMBÉM: 98% DOS ENTREGADORES DE APLICATIVOS ADEREM À GREVE

O movimento também defende que as plataformas interrompam os bloqueios classificados como arbitrários contra alguns entregadores e os sistemas de pontos, que prioriza quem aceita mais entregas. O movimento alega que o modelo leva os trabalhadores a manterem jornadas de trabalho exaustivas. O grupo afirma ainda que os apps estão pagando cada vez menos pela mesma quantidade de entregas.

O SindimotoSP, que organizou parte da primeira paralisação, estima que, em seu pico, o ato na Avenida Paulista reuniu cerca de 5 mil trabalhadores. A greve de parte dos entregadores de aplicativos por melhorias nas condições de trabalho também aconteceu no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte, em Porto Alegre, em Salvador e em Recife.


SOLICITE AGORA UMA COTAÇÃO DE SEGURO VEICULAR

  • Faça sua cotação 100% online e sem compromisso;
  • Cobertura contra roubos, furtos, colisões, fenômenos naturais e danos a terceiros;
  • Você pode personalizar as coberturas e assistências;
  • Sem consulta ao SPC e SERASA;
  • Acesse o site e faça agora mesmo a sua cotação!

greve motoboys

Em comunicados divulgados na quarta, iFood, Rappi e Uber Eats afirmaram que respeitam o direito dos entregadores à livre manifestação, mas alegaram que já atendem algumas das demandas. Segundo as empresas, os entregadores possuem seguro contra acidentes durante entregas e passaram a receber EPIs durante a pandemia e auxílio finaceiro caso tenham COVID-19.


Agora é hora de apoiar os entregadores. Só pedimos uma tarifa mais justa! Tudo aumentou, combustível, manutenção, seguro, comida, TUDO! Já passou da hora dessas tarifas serem reajustadas.

Lembrando que a taxa padrão no RJ é de 1,05 por km rodado e 0,15 centavos por minuto dentro do carro. Isso é ridículo!

Fonte: https://tecnoblog.net/349922/entregadores-de-ifood-rappi-e-uber-eats-marcam-nova-greve-para-12-de-julho/

LEIA TAMBÉM: VEJA COMO CALCULAR SEUS GANHOS COMO MOTORISTA NA UBER EM 2020


PRECISANDO DE UMA MAQUININHA DE CARTÃO?

  • ✓ Diversas opções diferentes de máquinas;
  • ✓ Sem aluguel ou taxa de adesão;
  • ✓ Sem taxa de depósito;
  • ✓ Sem burocracia;
  • ✓ Receba o valor de suas vendas de forma rápida;
  • ✓ Faça vendas via link;
  • ✓ Dependendo da máquina, não precisa de conta bancária;
  • ✓ Parcele em até 12x;
  • ✓ Aceite as principais bandeiras do mercado.

Deixe uma resposta